Tradução Farmacêutica

Segurança, segurança, segurança.
Altamente especializada e regulamentada, a tradução farmacêutica está sempre presente do desenvolvimento à pós-comercialização dos medicamentos.

Tradução Farmacêutica

TRADUÇÕES PARA OS ENSAIOS CLÍNICOS

Antes de ser comercializado, um novo fármaco deve provar a sua eficácia e segurança através de ensaios clínicos. Uma CRO, em nome do promotor, recruta várias equipas de investigação que acolhem os participantes em diferentes centros de ensaios, sempre mediante a aprovação das entidades reguladoras locais.

São vários os documentos que requerem a tradução no processo de aprovação e durante a realização do ensaio: protocolo, BI, RCM, DME, pareceres, contratos de ensaios e financeiros, acordos de confidencialidade e o consentimento informado. Existe ainda a obrigação de notificação de Acontecimentos Adversos Graves (SAE), Reações Adversas Graves (SAR) e Suspeita de Reações Adversas Graves e Inesperadas (SUSAR) à entidade reguladora que autorizou o ensaio. Estes relatórios têm de ser traduzidos utilizando a terminologia harmonizada do dicionário MedDRA.

AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO - ASSUNTOS REGULAMENTARES

Entre os elementos do DT para provar a eficácia e a segurança de novos medicamentos, estão os indicadores de PRO e de QdVRS. As respostas devem ser traduzidas com todo o rigor para uma transposição exata e fiel, sendo dedicado um cuidado particular para assegurar a equivalência semântica e cultural dos questionários.

Além disso, o pedido de AIM deve conter uma proposta do Resumo de Características do Medicamento (RCM), do Folheto Informativo (FI) e da rotulagem, respeitando os formatos de apresentação do QRD da EMEA ou da classificação clínica da EDQM. Deve garantir-se que as informações são facilmente legíveis, claras e fáceis de utilizar para a segurança dos médicos e doentes.

FARMACOVIGILÂNCIA – SALVAGUARDAR A SAÚDE PÚBLICA

Qualquer suspeita de reação adversa/efeitos indesejáveis deve ser notificada à autoridade reguladora responsável. A nossa equipa de tradutores farmacêuticos, com mais de 5 anos de experiência, traduz com total rigor os documentos relacionados com a segurança dos medicamentos e com os dados de notificação de RAM para ajudar os titulares de autorizações de introdução no mercado na monitorização pós-comercialização dos medicamentos e dispositivos médicos. As RAM são classificadas de acordo com a terminologia médica codificada MedDRA.

TRADUTORES ESPECIALIZADOS NA LINGUAGEM FARMACÊUTICA

As traduções farmacêuticas devem ser realizadas unicamente por tradutores especializados que garantam o rigor científico das suas comunicações. Os elevados conhecimentos e experiência nos vários ramos da saúde permitem aos tradutores escolherem as palavras certas quando traduzem os seus documentos.


A confiança das melhores práticas certificadas – ISO 17100

Na L10N, não gostamos de facilitar. Por isso, seguimos as melhores práticas exigidas na tradução dos seus documentos com 3 níveis de controlo da qualidade. Esteja seguro que diz o mesmo em qualquer língua.

ORÇAMENTO RÁPIDO    VEJA ISO 17100

ORÇAMENTOS

GARANTA QUE NADA SE PERDE NA tradução.

Documentos traduzidos fiéis à mensagem e ao estilo do original.
Textos adequados à cultura e à língua do seu público-alvo.

para

Não consegue ler?
Gerar novo código

PORQUÊ NÓS?

Oferecemos serviços de tradução certificados

Serviços de acordo com a norma ISO 17100, para que possa comunicar com confiança em qualquer língua:

  • Profissionais que traduzem exclusivamente para a sua língua materna
  • Tradutores com mais 5 anos de experiência na sua indústria
  • Melhores práticas da indústria: Tradução + Revisão + Verificação Final de Qualidade por 3 profissionais diferentes
  • Gestão personalizada da sua terminologia
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização Está a usar um navegador desatualizado. Por favor, actualize o seu navegador para melhorar a sua experiência de navegação.