Próxima Paragem: Moçambique

Próxima Paragem: Moçambique

Uma viagem pelos países Lusófonos

Ao longo de uma série de artigos, a L10N Making Translation Invisible vai transportá-lo até ao Mundo da Lusofonia. Conheça os costumes, as características únicas destes países e (re)descubra um universo de diversidade e multiculturalismo, unido por um dos elos mais poderosos que pode existir – a língua portuguesa!

Adivinhe onde chegamos!

Exatamente… Moçambique.

Moçambique é uma ex-colónia portuguesa. A independência nacional foi conquistada em 1975 e, pouco tempo depois começou a guerra civil, responsável pela morte de mais de 1 milhão de pessoas.

  • Localiza-se na costa sudeste do continente africano;
  • Faz fronteira com a Suazilândia, a África do Sul, o Zimbabwe, o Malawi e a Tanzânia;
  • As 11 províncias têm aproximadamente 25 milhões de habitantes.
Bandeira/Flag

A glória de Moçambique faz-se sentir na literatura, na música… e no desporto! Onde são distinguidas personalidades mundialmente conhecidas como o Eusébio, Maria Mutola e Clarisse Machanguana.

O Português de Moçambique

“Todos os escritores moçambicanos escrevem em português. Fazem-no porque sentem em português, vivem em português. Porém, é já um português outro. Um língua afeiçoada à cor e à textura da nação moçambicana”

– Mia Couto

Se leu algum dos nossos artigos sobre países lusófonos, já se apercebeu que nenhuma língua é imutável nem está estagnada. O português de Moçambique foi brilhantemente adaptado à cultura moçambicana e, como tal, apresenta caraterísticas únicas que o distinguem.

  • É muito próximo do português de Portugal devido às políticas colonialistas de defesa da Língua Portuguesa;
  • Abriga cerca de 6 grupos linguísticos diferentes que se dividem em 3 línguas nacionais.

Para ficar mais localizado nesta variante do Português, aqui estão alguns exemplos ilustrativos:

1M
2M
3M
5M
4M
6M
7M

A L10N respeita cada cultura e cada tradição, procurando construir um mundo sem barreiras linguísticas, assim, somos especialistas em localização e, para tal, contamos com uma equipa composta por linguistas nativos moçambicanos.

Boas conversas (em português)!