Próxima Paragem: Angola

Próxima Paragem: Angola

Uma viagem pelos países Lusófonos

Ao longo de uma série de artigos, a L10N Making Translation Invisible vai transportá-lo até ao Mundo da Lusofonia. Conheça os costumes, as características únicas destes países e (re)descubra um universo de diversidade e multiculturalismo, unido por um dos elos mais poderosos que pode existir – a língua portuguesa!

Adivinhe onde chegámos!

Exatamente… Angola.

Os portugueses chegaram a Angola há mais de 500 anos e depressa se instalaram. A riqueza deste território atraiu-os de uma forma tal que a República Angolana só obteve a sua independência em 1975, (embora nem sempre de forma pacífica, nem justa).

Esta relação sempre foi bastante chegada

Bandeira/Flag

A República Angolana localiza-se na costa ocidental do continente Africano e engloba:

  • 18 províncias (incluindo o enclave de Cabinda)
  • Aproximadamente 26 milhões de habitantes.

A forte identidade cultural angolana, reflete-se principalmente na literatura, na música e na dança, com estilos conhecidos em todo o mundo, como Semba , Kuduro e Kizomba.

A Língua Portuguesa é o idioma oficial: abriga 11 grupos linguísticos diferentes, que se dividem em cerca de 90 dialetos. Contudo, existem outras línguas: o Kikongo, o Chokwe, o Umbundu, o Kimbundu, o Nganguela e o Kwanyama.

O Português de Angola

Ao contrário do que acontece, por exemplo, com o português do Brasil, o português de Angola sofreu poucas alterações ao longo do tempo e assemelha-se mais ao português de Portugal.

As políticas de defesa da Língua Portuguesa em Angola foram mais estritas do que noutros países Lusófonos – uma das políticas adotada pelos governos colonialistas consistia em exigir a qualquer indivíduo “indígena” que desejasse ser cidadão português, a prova de que estava “assimilado”, ou seja, para além de demonstrar que partilhava os ideais religiosos, políticos e morais do governo, tinha também de ter um domínio perfeito do português de Portugal.

Sabia que a Língua Portuguesa foi uma ferramenta de unificação dos povos e de criação da identidade nacional angolana após a sua independência e é, hoje, a língua materna de cerca de 71% da população?

Para dar uma melhor percepção das diferenças desta variante do português apresentamos aqui alguns exemplos:

1
2
3
4
5
6

A variante do português de Angola tem, de facto, uma identidade única e um grande futuro pela frente. Podia ser escrito um livro só sobre a história e o desenvolvimento da Língua Portuguesa em Angola. Apresentámos-lhe alguns dos factos mais importantes.

Na L10N, somos especialistas nas particularidades das variantes das línguas e é por isso que contamos com uma equipa composta por linguistas nativos angolanos, daí surge o significado do nosso nome, L10N – Localização.

Boas conversas (em português)!