Como cumprimentar e despedir em espanhol

Como cumprimentar e despedir em espanhol

Casos de mistério – numa das minhas primeiras viagens em que fui sozinho a Espanha, parei num posto de combustível em Badajoz para abastecer no meu caminho em direção a Cáceres. Assim que desliguei o carro, abri a porta e saí. Pensei em dar um pequeno salto para evitar a poça de óleo misturado com água e pó que ficava mesmo entre a mangueira de combustível e a parte de trás do carro. Mas cheguei à conclusão que talvez não fosse a melhor ideia. De modo que tive uma muito melhor: inclinei-me e, com o braço esquerdo apoiado na bomba de combustível, estiquei o braço direito para tentar alcançar a mangueira de Gasolina 95. A meio do meu empreendimento épico para tentar algo que deveria ser simples para qualquer ser humano, fui interrompido por uma voz que veio de trás de mim: “Cómo vá la cosa tío?”.

Quando virei a cara, dei conta de que estava morder a língua devido ao esforço e reparei que a barriga se me tinha escapado da camisa que estava levantada pelos braços esticados e balançava e tremia livremente pendurada no vazio. “Ya. No te preocupes que ahora lo hago yo. Tu montate en el coche i ya está.”, disse o homem com farda da marca de combustíveis enquanto me afastava e desbravava aquele mar de óleo, água e pó. Sentei-me no carro, paguei e fiz-me à estrada. Mas fiquei a pensar em algo que não conseguia desvendar: qual “cosa”?

Será que aquela pessoa me conhece? Ter-me-ia ele confundido com alguém? Algum tio seu que estivesse a meio de alguma “coisa”? Hmm… Que seria?

Cheguei a Cáceres e contei esta misteriosa história aos meus colegas e amigos. A cara que fizeram foi, provavelmente, igual à cara que o leitor está agora a fazer. Após um ou dois segundos de sobrancelhas franzidas e boca meio aberta, explodiram em risos e explicaram-me “la cosa”.

Pois é. Pode nem ser sempre assim, mas existem várias formas de cumprimentarmos e de nos despedirmos de alguém em qualquer país. Espanha não é exceção.

Para que não lhe aconteça o que a mim me aconteceu, vamos indicar algumas formas de cumprimentar e de despedir em Espanha:

  • Hola!: pode ser utilizado tanto em situações formais como em situações informais. É a forma mais simples de cumprimentar e a mais utilizada.
  • Buenos días/Buenas tardes/Buenas noches: um pouco mais formal (embora seja utilizado em situações informais). Ideal para iniciar e-mails ou chamadas com clientes ou parceiros profissionais.
  • Estimado xxxx: abertura formal para e-mails e cartas. Ideal para comunicações profissionais e primeiras comunicações. No entanto, se já tiver uma relação mais próxima com quem comunica, o uso desta abertura pode “soar” estranho.
  • ¿Qué tal está usted?: pode ser utilizado de forma oral e escrita em situações formais que não sejam um primeiro encontro. Indica um certo grau de educação.
  • Hola. Soy xxxx, encantado de conocerle.: para ser utilizado num primeiro encontro formal.
  • ¡Ey!: o termo mais informal para cumprimentar alguém. Deve ser utilizado apenas com quem tenhamos uma relação próxima.
  • ¿Que tal?: expressão informal que pode ser utilizada para cumprimentar pessoas próximas mas também com pessoas que conheçamos e que não sejam tão próximas.
  • ¿Qué pasa tío/tía?: expressão muito informal que apenas deve ser utilizada para cumprimentar pessoas próximas.
  • ¿Cómo va la cosa?: expressão informal para cumprimentar alguém. Pode ser utilizado com pessoas que não nos sejam próximas.
  • Un placer/encantado(a) de conocerle.: expressão para se despedir formalmente de alguém que se conhece pela primeira vez.
  • Que pase usted un buen dia/una buena tarde/noche.: expressão utilizada formalmente para se despedir de alguém. É uma expressão algo impessoal, ideal para atendimento ao público ou para com pessoas de um único encontro.
  • Hasta la próxima.: expressão geral de despedida que pode ser utilizada em situações formais ou informais.
  • Chao.: termo idêntico ao português e italiano* utilizado para despedidas em situações muito informais.
  • Hasta luego/mañana.: expressão que pode ser utilizada em situações formais ou informais. Forma mais comum de despedida.
  • ¡Nos vemos!: expressão de despedida informal (embora possa ser utilizada formalmente, com pessoas com quem tenhamos uma relação cordial) e amigável.

Esperamos que ajude e que, quando se despedir de alguém em espanhol.

*Sabia que a expressão “Chau” vem do italiano “Ciao”, que, por sua vez, vem da expressão “Vostro schiavo.” Que era bastante formal e significa, literalmente, “Seu escravo.”?

Tags: